Câmara Municipal de Guaíra/Pr

ÚLTIMAS NOTÍCIAS /
 
Lumi convocou a Comissão de Constituição, Legislação e Justiça para averiguar a denúncia recebida pela Ouvidoria da Câmara
 
08/06/2018

Assista o pronunciamento na íntegra

(16ª SESSÃO ORDINÁRIA)

A Edil Lígia Lumi Suga disse que foi em busca de resposta para as perseguições que a vereadora Marlene Dallacosta disse estar sofrendo, sobre o desconto que teve da folha de pagamento como professora, pelos dias que faltou na Escola por estar em curso como vereadora. “Os vereadores possuem imunidade parlamentar para o que falam em tribuna, mas devem ser responsáveis. Coloquei o caso do desconto do salário da Vereadora Marlene, em uma reunião que tive hoje, e a resposta foi que anos atrás, assim como o Executivo teve problemas com diárias, e houve a orientação do Ministério Público para que se corrigisse os gastos, o mesmo pedido foi feito ao Legislativo. Na época, não havia uma exigência legal de prestação de contas e mesmo assim, o Ministério Público agiu e puniu ambos os poderes. O receber da câmara e receber sobre a folha de pagamento como professora, é considerado imoral. Então o desconto do pagamento pelos dias que a vereadora faltou na escola, devido ao curso que foi fazer como vereadora, é uma medida séria, para que o Executivo não seja olhado com maus olhos perante o Ministério Público”, explicou.

A vereadora também citou uma denúncia recebida pela Ouvidoria da Câmara, a respeito de horas extras de alguns servidores municipais. “Ela foi enviada para a Comissão de Constituição, Legislação e Justiça e convoquei os integrantes para comparecerem no setor de Recursos Humanos da Prefeitura Municipal, na próxima quinta –feira (14), às 17 horas, para ir in loco ver como funciona todo o procedimento do ponto dos funcionários do Executivo, para não cairmos em erro, destacou.

Lumi  falou sobre o projeto do Centro de Zoonose, que segundo ela, a Administração Municipal pretende realizar em breve. “Será uma construção de 400 m, com espaço para canil, gatil. O centro atenderá a demanda de retiradas de animais das ruas e castrações e o local abrigará animais sem dono, que estejam doentes ou sob risco de vida e depois de tratados, eles serão doados. Estamos aguardando recursos, pois o orçamento ainda não permite a execução”, explicou.

A vereadora adiantou o projeto de castração que está sendo firmando com a universidade de Palotina. “Esse é um sonho muito próximos. Já recebemos os microchips, o leitor e estamos muito otimistas. É um programa inédito e a Administração Municipal está com muita boa vontade. O senso já começou a ser feito”, adiantou.

Sobre o castra móvel, Lumi explicou que o chefe de gabinete, Gileadi Osti, já está negociando a emenda. “Mas não adianta vir só o castra móvel, pois precisamos também trabalhar para conseguirmos equipamentos, funcionários e proporcionar cursos, para que o projeto tenha mobilidade e eficácia. A vereadora parabenizou a luta diária dos integrantes da Ong Vida Animais e disse que eles podem contar sempre com a Casa Legislativa.

Da Assessoria/ Adriane Schirmann

 

 

 

 

 
 Galeria de Fotos
 
 Outras Notícias
» CÂMARA VOTARÁ MAIS DOIS PROJETOS DE LEI DO EXECUTIVO NA 19ª SESSÃO
» CÂMARA MUNICIPAL LAMENTA O FALECIMENTO DO EX-VEREADOR DEVALDIR CAPATTI
» Câmara terá horários especiais de expediente em dias de jogos da Seleção Brasileira
» PROJETO DA LDO 2019 SERÁ VOTADO SEGUNDA-FEIRA (25) EM EXTRAORDINÁRIA
» VEREADOR GILMAR PEDE UMA QUADRA DE ESPORTES PARA A MÁRIO CALMOM
» BATISTA LAMENTOU A CORRUPÇÃO NA POLÍTICA BRASILEIRA
VER TODAS
 

HORÁRIO DE ATENDIMENTO: SEGUNDA À SEXTA, DAS 7H30 ÀS 12H00 - 13H30 ÀS 17H00.

ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 22/06/2018 16:59:34

Câmara Municipal de Guaíra/Pr

Praça João XXIII, 200, Centro - CEP 85980-000 - GUAIRA - Paraná

Entre em Contato

(44) 3642-8550
camara@camaraguaira.pr.gov.br

Redes Sociais