Câmara Municipal de Guaíra/Pr

ÚLTIMAS NOTÍCIAS /
 
Câmara Itinerante registra descasos na Comunidade Salamanca
 
18/04/2012

[caption id="attachment_7715" align="alignleft" width="300" caption="Presidente da Câmara, vereadora Tereza Camilo dos Santos e demais vereadores na primeira Câmara Itinerante em 2012"][/caption] Os moradores da área rural estão decepcionados com a atual situação das estradas e saúde na região. Moradores da Comunidade Salamanca e arredores colocaram a “Boca no Trombone” na primeira Câmara Itinerante de 2012 nesta quarta-feira (17). Esta foi a 13ª edição desde que implantada em 2010. A presidente da Câmara, vereadora Tereza Camilo dos Santos presidiu a Sessão realizada no Salão Comunitário da Salamanca que contou com a presença dos vereadores Valberto Paixão da Silva, Almir Bueno e Guilherme Vanin Rodrigues. Os vereadores João Carlos Hartekoff e Franciele Danelon, justificaram ausência. “Estamos aqui para ouvir vocês. Nosso trabalho hoje é registrar o pedido de cada morador e encaminhar ao Poder Executivo. Nós vereadores estamos fazendo a nossa parte, fiscalizando o Executivo, cobrando melhorias. Na próxima Sessão Ordinária da Câmara iremos apresentar as reivindicações em plenário e acompanhar os resultados”, declara a vereadora Tereza. A primeira Câmara Itinerante de 2012 também foi prestigiada por representantes das comunidades rurais: Celso Amaral, Comunidade Salamanca; Laércio Alves dos Santos, Comunidade Bandeirantes; Valdir Loff, Comunidade do Espirito Santo; Getúlio da Silva, pastor da Igreja Assembleia de Deus em Salamanca; Luiz Julião, presidente da Capela Nossa Senhora de Fátima do Rancho Alegre. População [caption id="attachment_7719" align="alignleft" width="300" caption="População participou em massa na Sessào Itinerante da Salamanca"][/caption] Todas as reivindicações e desabafos foram registrados. Segundo os moradores a cada dia as estradas e atendimento na saúde vêm se agravando a ponto de pessoas desistirem de fazer investimentos na região. Outra reclamação bastante comentada foi sobre a ausência dos vereadores que não se justificaram. Relatos O Senhor Adelício José da Silva lembrou melhorias na Salamanca realizada na gestão anterior. “Na gestão passada tivemos rede de água instalada em nossa Comunidade, mas agora não temos nada a agradecer. Nós estamos sofrendo com transporte. Só lembram de nós no tempo de politica. Nós queremos os nossos direitos, pagamos tributos”. Quanto à atuação dos vereadores o Senhor Adelício diz: “Nós elegemos os vereadores e todos tem que olhar para todas as comunidades”. Para o Senhor Ilário Menegazzi Faustinelli a situação precária das estradas fez com que ele desistisse de investir em alguns projetos financeiros. “Tive que desistir de alguns projetos porque não tem estradas boas. Fiz requisição lá na prefeitura para ser atendido, mas até agora não aconteceu nada. O que nós queremos é apenas os nossos direitos”. Celso Amaral, presidente da Comunidade Salamanca reclama da demora em atendimentos no município relacionado à saúde. Quando vamos procurar ajuda na cidade dizem para esperar. Tem caso de mandarem esperar 90 dias. Por acaso o doente vai ficar esperando? Celso também lamentou a situação das estradas. As péssimas condições de pontes foram lembradas. O Senhor Luiz Ambiel Rampim também lamentou a falta de alguns vereadores. “Nós nos sentimos ofendidos pela falta de outros vereadores. Vieram aqui levaram nossos votos. Será que agora nosso voto não vale mais? e as pontes estreitas e com problemas precisam ser arrumadas, porque do jeito que está não tem condições”. Professor Adélcio Jardim comenta que a Comunidade Salamanca deixou de ter alegria. “Fico meio abalado. Não tem estrada rural, não tem dentista, não tem aula em dias de chuva. Alunos estão perdendo aula, tem que ir pra (Dr) Oliveira Castro. Educação, transporte e saúde aqui na Comunidade não existe”. Edilson reforça as reivindicações, mas observa: O que mais interessa para nós são estradas. Saúde é importante, mas precisamos muito de estradas.  Até agora é só promessa.  “Na hora de votar vem todo mundo aqui, mas na hora de ajudar a comunidade tem gente que não vem”. Para Getúlio da Silva a situação das estradas é das maiores necessidades na região. “É muito triste ir para Guaíra e ter os carros quebrando nas estradas. Quando os senhores vereadores vão fazer projetos é o caso de analisar e pensar, agricultor precisa de estradas. Nós lamentamos que os demais vereadores não estejam presentes”. Teve moradores que reclamou até de mau atendimento na prefeitura. “Fui dizer que precisamos de cascalhamento nas estradas me disseram até para eu mudar de cidade”, comentou Rosilene.  A moradora Rosemeire e irmã de Rosimeire estava indignada. “Se a produção de leite azedar, vou jogar lá na prefeitura e observou: Se não resolver não voto mais em vereadores”. Para o presidente da Comunidade Bandeirantes, Laércio Alves dos Santos, a presença dos vereadores nos bairros e comunidades é muito importante. “Quero parabenizar aos vereadores por nos defenderem. Já pensou se eles não tivessem lutando ali na Câmara o que seria de nós aqui em nossas comunidades?”. A Câmara Itinerante em Salamanca demonstra a insatisfação daquela área rural e todas as reivindicações foram registradas para que os vereadores tomem providências que lhes competem. O vereador Valberto Paixão da Silva, autor do projeto “Câmara Itinerante” registrou sua indignação. “Nós os vereadores estamos lutando diariamente por melhorias. Desde 2009 venho apresentando projetos, indicações para o Poder Executivo. Tenho comigo diversos documentos desses trabalhos. Nós não vamos desistir, vamos continuar fazendo a nossa parte”, destaca Valberto Paixão da Silva. O vereador Guilherme Vanin Rodrigues parabenizou a comunidade pela participação. “A participação de vocês é muito importante para o Legislativo. Saímos daqui com mais força para lutar por melhorias que a população merece. Parabéns a todos”. Para Almir Bueno as reivindicações apresentadas são de extrema necessidade. “O que ouvimos aqui hoje tem que ser resolvido com a máxima urgência. Não podemos aceitar essa situação”. A vereadora Tereza Camilo dos Santos, assim como os demais vereadores presentes, fez observações sobre as reivindicações dos moradores e agradeceu a presença de todos. “Nós ficamos agradecido pela participação de vocês nesta Sessão Itinerante. Tudo o que foi apresentado é gravíssimo. A Saúde não pode continuar da forma que está às estradas então... é preciso que aja uma solução breve. Mais uma vez iremos mandar indicação para o prefeito. Esperamos que, dessa vez, os problemas sejam resolvidos”, conclui a presidente da Câmara. Inscritos na Primeira Câmara Itinerante 2012:  

 
 Outras Notícias
» SERGINHO PEDE A CONSTRUÇÃO DE CALÇADAS E O PLANTIO DE ÁRVORES NO JARDIM INTERNACIONAL E VILAS DOS PESCADORES E SANTA CLARA
» AGNALDO SOLICITA PODAS DE ÁRVORES E LIMPEZA DOS MEIO FIOS NA RUA QUATRO MÁRTIRES
» SANDRO AFIRMOU QUE FAZ SEU PAPEL DE FISCALIZADOR E DISSE QUE PARA JULGAR, É NECESSÁRIO TER CONHECIMENTO
» OSVALDINO DISSE ACREDITAR QUE A DEMARCAÇÃO DE TERRAS EM GUAÍRA ESTÁ SEPULTADA
» LUMI RESSALTOU A LUTA CONTRA AS ABUSIVAS TAXAS DA COPEL E ADIANTOU O PEDIDO DE ISENÇÃO PARA QUEM FAZ USO CONTÍNUO DE APARELHO EM CASA E A BITRIBUTAÇÃO NAS CONTAS
» GILMAR SUGERE A CRIAÇÃO DE "CÂMARAS DE CONCILIAÇÃO, MEDIAÇÃO E ARBITRAGEM"
VER TODAS
 

HORÁRIO DE ATENDIMENTO: SEGUNDA À SEXTA, DAS 7H30 ÀS 12H00 - 13H30 ÀS 17H00.

ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 17/05/2019 09:34:04

Câmara Municipal de Guaíra/Pr

Praça João XXIII, 200, Centro - CEP 85980-000 - GUAIRA - Paraná

Entre em Contato

(44) 3642-8550
camara@camaraguaira.pr.gov.br

Redes Sociais