Câmara Municipal de Guaíra/Pr

ÚLTIMAS NOTÍCIAS /
 
PREOCUPAÇÃO COM PROJETO DE LEI QUE INSTITUI A ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DO PODER EXECUTIVO E SANEPAR SÃO DESTAQUES
 
25/08/2017

 

Ao fazer o uso da tribuna durante a 22ª sessão ordinária da Câmara Municipal de Guaíra/PR, e vereadora Marlene saudou a todos presentes, ouvintes da rádio AM e internautas. 

  

Parabenizou e agradeceu a Associação Pestalozzi por agraciar o Poder legislativo com uma bela apresentação. Acredita que todos estavam realmente precisando de um momento de paz, e as duas canções cantadas pelos alunos realmente mexeu com a alma e o espirito. 

 

Marlene mencionou o pedido que o senhor Jaime fez em relação a Rua Maria das Graças de Morais do Parque Anhembi onde ele solicitou melhorias, principalmente próximo ao quebra mola em frente à Igreja Cristã, desta forma informou a ele que já foi apresentada uma indicação solicitando melhorias na referida rua. 

 

Sobre a reunião da Sanepar com o presidente Munir, onde a vereadora Elza mencionou a sua frustração, Marlene também deixou seu repudio quanto profissional da educação, independente de rede, privada, municipal e estadual os professores merecem respeito, principalmente dos representantes da população que são escolhidos para intervir nas políticas públicas.

 

Falou ainda que os vereadores não foram lá para recepciona-los como está escrito por algumas mídias, mas foram para mostrar o descontentamento, porque eles vieram trazer um recurso, mas, nada mais do que obrigação, pois pagamos os nossos impostos, uma tarifa bastante elevada, onde não vê grande êxito ao trazer R$10 (dez) milhões de reais para Guaíra onde se tem um acréscimo de 125% na taxa de água. É lei de saneamento, todos nós temos esse direito, é direito do cidadão o saneamento básico, então eles estão fazendo apenas sua obrigação. 

 

Deixou sua nota de repudio em relação a esse comentário infeliz destes dois senhores. 

 

Salientou que participou de uma reunião no Fórum Eleitoral com o Dr. Christian, onde solicitou para que todos os vereadores reforçassem o pedido a toda comunidade guairense, para que possam estar fazendo a biometria digital, pois ainda estamos em um número muito baixo de cadastros, ou seja, de 23 (vinte e três) mil eleitores somente 6 (seis) mil realizaram o cadastramento biométrico. 

 

Discorreu sobre a resposta do Executivo em relação a indicação de sua autoria solicitando que medidas sejam tomadas na Capela Mortuária, para a instalação de Wi-Fi, banco estofado, ar-condicionado, construção de copa para alimentação, uma mesa de mármore para suporte de caixão e que seja colocada a nomenclatura do defunto na porta. Em relação ao ar condicionado disseram que a capela possui ar condicionado suficiente para climatizar toda a estrutura, faltando apenas cortinas de ar para a manutenção da temperatura, as quais serão adquiridos; quanto ao wi-fi informaram que recentemente realizaram a ligação da internet por fibra ótica no local sendo agora possível a instalação dos equipamentos para a disponibilização do serviço à população; sobre a mesa de mármore para suporte do caixão e indicação do nome do falecido na entrada são medidas que a Secretaria pretende adotar; quanto a copa falaram que lá existe uma cozinha com móveis e eletrodomésticos que atendem à demanda, porém a vereadora disse que não solicitou uma copa, mas sim um local apropriado para as pessoas se alimentar, pois hoje a alimentação está ocorrendo no  local reservado para descanso dos familiares. 

 

A o retornar a tribuna nas explicações pessoais reforçou o que foi falado pelo Vereador Sandro em relação ao oficio enviado a esta Casa, oficio nº 403/2017, que diz em caráter de urgência o Projeto de Lei Nº 017/2017, onde relembrou que além de tudo que foi salientado pelo Nobre Colega, tem ainda o parecer jurídico para ser feito, após será encaminhado para as comissões para que os vereadores possam analisar. 

 

Vale ressaltar que o referido projeto possui 155 (cento e cinquenta e cinco) artigos e 70 (setenta) páginas fora os anexos, então é humanamente impossível aprovar um projeto em uma semana sem analisar, projeto este que terá alterações e impactos financeiros. Segundo informação do prefeito estes cargos não serão preenchidos, mas sabemos que após aprovados a qualquer momento ele pode ocupar, então para que nossa responsabilidade enquanto legislativo aconteça, os vereadores devem sim ouvir a população e as categorias dos servidores municipais.

 

É um projeto amplo e necessário, mas é de extrema importância um estudo mais avançado, porque os vereadores têm a responsabilidade de aprovar algo que venha a beneficiar o bem comum e não causar maior impacto. 

 

 

 

 

 
 Galeria de Fotos
 
 Outras Notícias
» SAÚDE APRESENTOU AS METAS DO PLANO MUNICIPAL ATÉ 2021
» TEREZA CRISTINA ORDENA QUE ABAIXO-ASSINADO DOS GUAIRENSES SEJA ANEXADO AO PROCESSO DEMARCATÓRIO DA FUNAI
» PROJETO DE LEI DO EXECUTIVO E PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO FORAM APROVADOS POR UNANIMIDADE
» LUMI INDICA A IMPLANTAÇÃO DE PROJETO PARA CONTROLE POPULACIONAL DE CÃES E GATOS
» SESSÕES ACONTECERÃO AMANHÃ (28) A PARTIR DAS 15 HORAS
» GILMAR É AUTOR DO PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO QUE CONCEDE TÍTULO DE CIDADÃ HONORÁRIA À PROFESSORA INÊS
VER TODAS
 

HORÁRIO DE ATENDIMENTO: SEGUNDA À SEXTA-FEIRA, DAS 7H30 ÀS 12H00 - 13H30 ÀS 17H00.

ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 16/07/2019 10:19:46

Câmara Municipal de Guaíra/Pr

Praça João XXIII, 200, Centro - CEP 85980-000 - GUAIRA - Paraná

Entre em Contato

(44) 3642-8550
camara@camaraguaira.pr.gov.br

Redes Sociais