Câmara Municipal de Guaíra/Pr

ÚLTIMAS NOTÍCIAS /
 
VEREADOR SOLICITA DO PODER EXECUTIVO INFORMAÇÕES SOBRE SERVIDOR PARA PROVAR FALTA INJUSTIFICADA NO TRABALHO
 
10/11/2017

 

O vereador Sandro Sabino Borges iniciou seu trabalho durante a 33ª sessão ordinária da Câmara Municipal de Guaíra/PR falando um pouco de sua experiência como vereador, levando em consideração estar no segundo mandato. Disse acreditar que um dos motivos ao qual foi reeleito, foi quanto a questão do seu trabalho.

 

Sobre o trabalho de um vereador, Sandro falou que muitas vezes as pessoas se enganam fazendo algumas cobranças que não é do dever deles. “Fomos eleitos para fiscalizar e legislar, esses outros assuntos que nós tratamos aqui, essas cobranças, essas indicações, sim, fazem parte, mas o nosso dever é fiscalizar e legislar, e quanto a isso eu me orgulho, porque diariamente faço esse trabalho”.

 

Sandro discorreu sobre o requerimento que apresentou solicitando informações sobre o cartão ponto da servidora Mariana Candido, bem como da folha de pagamento. Disse que o motivo desse requerimento e porque recebeu várias reclamações da comunidade e de servidores municipais concursados, sobre o desrespeito com eles por essa pessoa.

Destacou que é constrangedor estar dizendo e citando nomes, mas é seu trabalho, contudo não pode fugir da realidade. Deixou claro que não tem nada contra a sua pessoa, e esta apenas exercendo a sua função. Deixou alguns argumentos, qual lhe fizeram fazer esse requerimento, dizendo que quando um cidadão, um servidor - cargo efetivo falta, ou justificadamente pede para se ausentar do trabalho, não é compreendido pelos seus superiores, no entanto de forma fácil um superior - cargo comissionado, chamado e convocado pelo prefeito para exercer um cargo, é fácil se ausentar de suas atividades e fazer o que bem quiser.

 

Sobre a questão dos trabalhos a serem realizados pela Secretaria de Administração, o vereador disse que temos vários casos e problemas que estão se ocasionando em nosso Município, principalmente na pasta da Secretaria de Administração. Falou sobre os problemas na rodoviária municipal e no cemitério, ou seja, temos problemas em diversas áreas.

 

Outra situação que o vereador falou e sobre o banheiro do cemitério qual está uma vergonha, são pequenas coisas que com os recursos que o Município administra diariamente pode ser executado e resolvido. Falou também do bebedouro de água da rodoviária que não funciona, um local de grande acesso de pessoas, entre outras situações. Entretanto o vereador Sandro disse que vai comprovar a falta da servidora no trabalho sem justificativa, e vai cobrar do prefeito que ela reembolse os cofres públicos pela falta que teve há alguns dias atrás, e que não adianta fazer algo para enganar o Sistema Eletrônico de Ponto.

 

Deixou claro a população que está fiscalizando, pois esse e seu papel como legislador. Falou que diariamente participa e consulta as publicações no Portal Transparência do Município, e nesta segunda-feira (06) identificou uma falha gravíssima, de uma contratação de empresa onde o sócio proprietário faz parte, e é servidor concursado do Município, o qual sabemos que não pode vender e prestar serviços ao município.

 

Esclareceu que não está perseguindo e não vai perseguir ninguém, apenas está esclarecendo algumas situações para que a população enxergue também e principalmente o prefeito. Sandro disse que ao seu ver não está atrapalhando o trabalho do prefeito, porque futuramente ele pode responder uma Ação Civil em que os bens dele serão bloqueados, tudo que ele conquistou, num piscar de olhos talvez por negligencia de alguém que lhe assessora causa este problema.

 

Sandro se referiu ao relato do vereador Agnaldo quanto a questão das coberturas nas USF, onde ele identificou uma licitação de uma cobertura para os veículos da Vigilância Sanitária, isto é, olha a importância que estão dando ao cidadão que vai de madrugada ficar na fila para pegar ficha em posto de saúde.

 

Ao retornar a tribuna nas explicações pessoais Sandro falou sobre o oficio extraoficial da desocupação da área encaminhado para alguns moradores do município. Recordou que na gestão anterior foi feito um levantamento e recadastramento de pessoas que não tinham residência e que pagavam aluguel, a partir daí chegaram em um número de 2.726 (dois mil setecentos e vinte e seis) famílias sem teto, 1.117 (um mil cento e dezessete) imóveis irregulares, em áreas públicas, construídas às margens de área de preservação.

 

O vereador disse estranhar esse comunicado solicitando a essas pessoas que desculpem as casas levando em consideração que o município não dispõe de programas habitacional.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
 Galeria de Fotos
 
 Outras Notícias
» CÂMARA VOTARÁ HOJE (24) PROJETOS DE LEI, REQUERIMENTOS E DECRETO LEGISLATIVO ANTES DO RECESSO
» SAIBA QUAIS PROJETOS FORAM VOTADOS EM SESSÕES EXTRAORDINÁRIAS ONTEM (19)
» GILMAR SOLICITA ACADEMIA AO AR LIVRE E TRAVESSIA ELEVADA NO JARDIM SANTA PAULA
» ELZA DESTACOU QUE A SECRETÁRIA DE SAÚDE NÃO TEM PROFISSIONAIS SUFICIENTE PARA ATENDER UMA POPULAÇÃO CARCERÁRIA
» CZERWONKA DESTACOU QUE O MAJOR IVAN EXPLICOU BEM O PROJETO DA CADEIA
» ALÉCIO CRITICOU A SITUAÇÃO DA ATUAL CADEIA E PEDIU PARA AS PESSOAS PENSAREM À FRENTE
VER TODAS
 

HORÁRIO DE ATENDIMENTO: SEGUNDA À SEXTA, DAS 7H30 ÀS 12H00 - 13H30 ÀS 17H00.

ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 24/06/2019 19:45:58

Câmara Municipal de Guaíra/Pr

Praça João XXIII, 200, Centro - CEP 85980-000 - GUAIRA - Paraná

Entre em Contato

(44) 3642-8550
camara@camaraguaira.pr.gov.br

Redes Sociais